BANNER GOVERNO

Adolescente é torturada e morta a tiros em condomínio em Porto Velho

29 dezembro, 2020

Uma adolescente, identificada como Luana Gomes, foi executada com três tiros durante a madrugada desta terça-feira (29), na Avenida Plácido de Castro, na Rotatória do residencial Popular Orgulho do Madeira no bairro Mariana, região leste de Porto Velho.

A Policia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo e que havia alguém baleado no local. Quando os policiais chegaram constataram o crime e logo solicitaram uma equipe avançada do Samu, onde o médico constatou o óbito da vítima.

Durante os trabalhos da pericia foi possível localizar três perfurações, sendo na cabeça, costas e no ombro. Próximo do corpo havia também um projetil possivelmente de revólver.

Adolescente é torturada e morta a tiros em condomínio em Porto Velho

LEIA TAMBÉM:

Corpo em decomposição é encontrado em poço em Ji-Paraná

Adolescente de 16 anos é detido acusado de tráfico de drogas em bar de Porto Velho

Haitiano suspeito de roubo é agredido até a morte com facadas, pauladas e pedradas

Ainda segundo os Policiais, horas antes do crime, chegou denúncia anônima de que integrantes do Comando Vermelho (CV) estariam torturando uma mulher que seria da facção Primeiro Comando do Panda (PCP). Os policiais foram até a quadra 609 no Orgulho do Madeira, onde indicava a denúncia, mas não localizaram nada.

Segundo informações preliminares, a jovem teria divulgado um vídeo recentemente nas redes sociais, onde ela aparece vestindo a camisa da facção criminosa Comando Vermelho (CV). Já em outro vídeo ela afirma que está saindo do Primeiro Comando do Panda (PCP) porque foi ameaçada de morte, ela e a família. “PCP é sal”, diz ela durante a gravação.

O crime pode estar relacionado à guerra de facções criminosas na capital, e a Polícia Civil agora segue com as investigações para identificar e prender os autores do crime.

 

Fonte: Hora 1 Rondônia

Roagora Fanpage

Comentarios