DestaquePolícia

Adolescente de 17 anos é espancada e ameaçada de morte por suposto de membro de facção em Vilhena

Em conversa com a adolescente, os policiais conseguiram fazer com que ela relatasse o que de fato havia acontecido, tendo esta afirmado que estava em sua casa dormindo, quando foi acordada pelo ex, já com agressões.

sábado, 05/12/2020

Uma adolescente de 17 anos foi brutalmente espancada pelo ex-companheiro na madrugada desta terça-feira, 29, em Vilhena, pelo fato de o agressor não aceitar o fim do relacionamento.

Segundo informações da assessoria da Polícia Militar, uma guarnição foi acionada pelos servidores de um postinho de saúde, quando a garota deu entrada na unidade, com muitas lesões, mas que se recusava a relatar o que havia acontecido ou quem tinha praticado o crime.

Já na unidade de saúde, os militares foram informados pela equipe de enfermagem que a menor chegou ao local carregada por dois homens, que ao saberem que a polícia seria comunicada, foram embora sem deixar contato.

Em conversa com a adolescente, os policiais conseguiram fazer com que ela relatasse o que de fato havia acontecido, tendo esta afirmado que estava em sua casa dormindo, quando foi acordada pelo ex, já com agressões.

Muito ferida, a menor conseguiu sair da casa e pedir socorro, momento que foi amparada na rua por dois desconhecidos que a levaram até o postinho.

LEIA TAMBÉM:

Homem é assassinado brutalmente com 10 facadas em bar

Mulher fica ferida após acidente entre caminhão e automóvel na BR-364

Ainda segundo a jovem, o ex-companheiro, que não aceita o fim do relacionamento, seria integrante de uma facção criminosa e teria firmado que se ela chamasse a polícia, a mataria.

O agressor foi identificado e detido pelos militares, porém, negou as acusações. O caso foi registrado como lesão corporal e será investigado.

Folha do Sul Online

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar