GOV 01 09
ALE 01 09

Acusados de matar cantor a tiros em casa noturna são condenados a quase 20 anos de prisão

24 agosto, 2021

Aconteceu nesta segunda-feira, 23, o julgamento de dois acusados da morte do cantor vilhenense Maylson Campos Lucas Arruda, de 28 anos, ocorrida na madrugada do dia 05 de maio de 2018, leia quando ele se apresentava no palco do antigo Selva Ranch, hoje Forró do Sítio, localizado na Rua 5203 – área rural de Vilhena.

Acusados de matar cantor a tiros em casa noturna são condenados a quase 20 anos de prisão

Os réus Josiel da Costa Rodrigues, que foi preso por tráfico quando ainda era investigado pela morte do cantor, foi sentenciado a 19 anos de reclusão em regime fechado e Pablo Henrique da Silva Séga, que nos próximos dias será submetido a um novo julgamento por outro artigo penal, foi condenado a 18 anos também com inicio da pena no regime fechado.

Apesar de ter negado desde o princípio a autoria do crime, Josiel foi indiciado como autor do homicídio e Pablo como co-autor, por prestar fuga ao suspeito após a execução de Maylson, que teria sido motivada por ciúmes, uma vez que o cantor mantinha um relacionamento de aproximadamente um mês com a ex-esposa de Josiel, que não aceitava a separação.

LEIA TAMBÉM:

Homem perde pai e irmão com covid-19 e mata casal que os teria infectado

Pai que matou o filho de 5 anos espancado e estrangulado é condenado a 24 anos de prisão

Ossada de mulher desaparecida há 5 anos é encontrada dentro de fossa séptica; suspeito foi preso

Homem é encontrado morto na Estrada Parque em Nova Mamoré, RO

Polícia Civil divulga fotos de acusados de assassinarem empresário no Bairro Mocambo

Fonte: Extra de Rondônia

Roagora Fanpage

Comentarios