BrasilDestaquePolícia

Policial Militar assassinou esposa e tirou a própria vida por não aceitar fim do relacionamento

Ele cometeu suicídio em seguida. Mulher tinha 52 anos e ele, 71.

Um policial aposentado matou a esposa e cometeu suicídio em seguida no início da tarde de terça-feira (7) em Camboriú, no Litoral Norte, informou a Polícia Militar. Um parente que estava casa viu o que ocorreu e relatou o caso à PM. A mulher tinha 52 anos e o homem que atirou, 71.

O crime ocorreu no bairro Monte Alegre, por volta das 13h. A PM foi chamada e, no local, encontrou a mulher e o policial militar aposentado mortos.

O parente disse à PM que a mulher foi até a casa para pegar pertences dela que estava no local e que ela ia morar com outra pessoa. Por causa disso, houve uma discussão entre o ex-casal, que terminou no crime. O parente, que mora na casa, viu tudo, segundo a PM.

VEJA TAMBÉM:

Homem é morto a tiros em residência na linha 09 em Cacoal

Polícia Civil e Instituto Geral de Perícias (IGP) foram chamados. O G1 não conseguiu contato com a Delegacia de Camboriú. O IGP não tinha informações sobre o caso até a publicação desta notícia. O policial militar que atirou na mulher é aposentado desde novembro de 1992, informou a PM.

Fonte: G1/SC

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Fechar