Rondônia

Energisa a serviço da comunidade de Rondônia

Projeto beneficia 30 famílias de baixa renda com geladeiras novas

Papai Noel chegou antecipado para a dona Noemi Bento de Oliveira, 79 anos, trazendo no caminhão da Energisa uma geladeira novinha no último sábado (26), durante o mutirão em Candeias do Jamari, a 26 km de Porto Velho. “Esse será meu melhor Natal, nunca ganhei um presente assim. Nem tinha perspectiva de poder comprar uma geladeira tão bonita como essa”, comemorou a aposentada.

A felicidade também foi grande na casa da dona Elizabeth Pereira da Silva, 63 anos, uma das 30 contempladas com a geladeira nova e eficiente, que acabou ficando sem palavras, apenas agradecendo a equipe: “Obrigada, Energisa”.

“Ela mora sozinha e tinha como único bem apenas uma geladeira muito antiga. Essas ações comovem a gente”, comentou um dos colaboradores emocionados que ajudou na entrega da geladeira para dona Elizabeth.

Talis Henrique, coordenador de Eficiência Energética, explicou que é feita visitação para verificar quais pessoas têm geladeiras antigas, que têm alto consumo de energia para realizar a substituição de geladeiras porta a porta. “Histórias como essas são contadas e são transformadas todos os dias quando a nossa equipe chega com os novos eletrodomésticos. Nos últimos dois meses, mais de 150 famílias receberam geladeiras novas em suas casas, mudando a realidade das famílias de baixa renda. É emocionante fazer a diferença na vida dessas famílias”, comentou.

A comunidade de Candeias do Jamari, região metropolitana de Porto Velho, foi cenário dos 200 atendimentos, onde 30 famílias de baixa renda receberam suas novas geladeiras, além dos 60 novos beneficiados com cadastramento na Tarifa Social de Energia Elétrica.  O mutirão foi promovido pela Energisa no último sábado (26), que além das prestações de serviços, levou palestras sobre segurança e consumo consciente de eletricidade.

A aposentada Maria de Fátima Oliveira do Nascimento, de 62 anos, além de receber esclarecimentos, voltou satisfeita para casa. “Eu tinha algumas dúvidas sobre a minha conta, mas agora está tudo bem. Aproveitei e me cadastrei para a tarifa social e para trocar minha geladeira velha e lâmpadas”.

Para o autônomo Paulo Bastos, que pegou ônibus até Candeias só para renegociar os débitos pela campanha Receita de Mestre, aproveitou para parcelar a dívida. “Moro em Porto Velho, no Bairro Três Marias. Fui muito bem atendido e volto para casa contente depois da negociação”, comentou.

José Osvaldo dos Santos saiu de casa para resolver questões relacionadas a valores de tarifa, aproveitou e solicitou a aferição do relógio. “O serviço que vim buscar será feito. Isso me deixa muito tranquilo em negociar com a Energisa”, destacou.

Quando a temperatura sobe é corriqueiro a queixa da alta da conta de luz. “É importante seguir algumas dicas de como proceder para economizar energia, alguns exemplos são: aproveitar ao máximo a iluminação natural, não ligar a TV sem necessidade, limitar o tempo do banho, seguir o manual de instrução das máquinas de lavar roupa e geladeiras, além de sempre dar preferência para eletrodomésticos com o selo Procel de Economia de Energia Elétrica”, reforça Talis.

Estacionado na comunidade, o caminhão do “Projeto Nossa Energia” também marcou presença durante a ação, levando conhecimento e uma experiência especial para quem passava por lá. “As pessoas que visitaram o nosso caminhão conheceram o passo a passo da geração e distribuição da eletricidade, recebendo orientações sobre as boas práticas de consumo para ter mais economia dentro de casa”, acentuou Kristiany Martins Brilhante, coordenadora do departamento de serviços comerciais da Energisa.

“Tem muita gente que mora em linhas e outras áreas rurais, com a vinda da equipe da Energisa à comunidade, mais pessoas conseguem ter acesso aos benefícios oferecidos pela empresa. É uma iniciativa simples, mas de grande importância social”, comentou a funcionária pública Claudite Severiano, funcionária da escola Dom João Batista Costa, de Candeias do Jamari.

Energisa a serviço da comunidade de Rondônia

Eficiência

 Para participar do projeto é necessário estar com as contas de energia elétrica em dia, ter a unidade consumidora de baixa renda, não ter indícios de fraude no padrão de medição, ser unidade beneficiada pela Tarifa Social de Energia Elétrica e ter lâmpadas incandescentes e geladeiras velhas em funcionamento.

Até 2018, apenas 36 mil clientes de Rondônia estavam cadastrados na tarifa social. Hoje são cerca de 70 mil. O benefício garante descontos de até 65% na tarifa de energia.

Assessoria

OBS: Somente os administradores poderão postar conteúdos.

Artigos relacionados

Sua opinião é muito relevante para nós do site Roagora

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: