DestaquePolíciaRondônia

Polícia Civil de Rondônia nega que esteja a serviço da Energisa no combate a gatos

Porto Velho, RO – Até então a população desconhecia as relações financeiras entre o órgão governamental e a empresa particular, fato que só veio a público com a criação de uma CPI na Assembleia Legislativa

A Polícia Judiciária Civil do Estado de Rondônia divulgou, nesta terça-feira, nota em que admite receber benefícios financeiros da empresa Energisa, mas negou que esteja agindo “com predileção” pelos casos de furto de energia apontados pela empresa privada.

Desde que a Energisa se estabeleceu em Rondônia, após comprar a estatal Ceron pelo valor simbólico de R$ 50.000,00 (cinqüenta mil reais), a Polícia Civil do Estado tem atuado com mais freqüência, firmeza e entusiasmo nos casos de furto de energia elétrica, os chamados gatos.

Até então a população desconhecia as relações financeiras entre o órgão governamental e a empresa particular, fato que só veio a público com a criação de uma CPI na Assembleia Legislativa.

A nota da Polícia Civil alega que o convênio não envolve diretamente repasse de dinheiro e que o termo de cooperação foi publicado no Diário Oficial do Estado, portanto, teria sido dada transparência ao negócio firmado entre as partes.

Veja também Polícia Civil deflagra operação Cátedra e prende 9 pessoas por tráfico e agiotagem em Cacoal

Ocorre que, apesar de realmente não repassar diretamente valores financeiros à polícia, a empresa particular tem bancado obras como a reforma do pátio do Departamento de Narcóticos e de prédios policiais, pagando diretamente aos fornecedores.

Quanto à publicação no Diário Oficial, trata-se de uma divulgação circunscrita a uma plataforma eletrônica cuja leitura  não faz parte do cotidiano da população.

Diante da repercussão negativa da descoberta do acordo entre a polícia e a empresa particular, a direção geral do órgão governamental disse que a polícia rondoniense opera de forma independente e imparcial, não agindo para atender interesses governamentais ou particulares.

VEJA A NOTA

Polícia Civil de Rondônia nega que esteja a serviço da Energisa no combate a gatos

Fonte: ASSESSORIA

Artigos relacionados

Sua opinião é muito relevante para nós do site Roagora

%d blogueiros gostam disto: